As notícias estão aqui

Fique sempre informado. 
Dicas, notícias e muito mais...

BLOG

Redação: Talkplast

A Importância dos aditivos para plástico

Publicado: 15/06/2024

No contexto técnico da indústria de polímeros, os aditivos desempenham um papel transformador nas propriedades das resinas plásticas. Essas substâncias são meticulosamente selecionadas e aplicadas para atingir objetivos específicos, que podem variar desde o aumento da resistência mecânica até a incorporação de cores vibrantes. A escolha e aplicação dos aditivos são estratégicas, visando as funcionalidades e as especificações desejadas para o produto final.

A adição de aditivos ocorre em distintos pontos da cadeia produtiva. Essa tarefa é executada por diferentes agentes: pode ser realizada pelo fabricante do polímero (indústria petroquímica), pelo transformador (o mais frequente) ou por empresas especializadas que se situam entre esses dois estágios, como as empresas de Master batch

Benefícios do Uso de Aditivos Os aditivos são selecionados por suas funções específicas, que não só elevam a qualidade do produto final, mas também trazem vantagens operacionais e econômicas para as indústrias.

Agentes de purga por exemplo são aditivos que minimizam o refugo ao limpar extrusoras, injetoras e sopradoras, trazendo enormes benefícios e saving para as empresas que adotam bosn produtos.

Para transformadores que lidam com resinas de diversas cores, ou muitas tocas de tipos de materiais se torna ideiais, esses aditivos reduzem tanto o tempo de inatividade das máquinas quanto o desperdício de material.

Principais Aditivos na Indústria A indústria de plásticos conta com uma ampla variedade de aditivos disponíveis, cada um com sua função distinta. Alguns dos principais incluem:

  • Cargas: Conferem maior densidade, rigidez e resistência ao polímero. O carbonato de cálcio, por exemplo, também contribui para a redução de custos em resinas de poliéster e epóxi. Aplicações: Madeira plástica, componentes automotivos.
  • Pigmentos: Proporcionam coloração às resinas, com uma gama que vai de translúcido a cores sólidas, peroladas e metalizadas. Aplicações: Embalagens, utensílios domésticos, brinquedos.
  • Estabilizantes: Salvaguardam a resina contra a degradação causada por calor e oxidação, impedindo a deterioração das ligações químicas por fatores ambientais ou exposição a raios ultravioleta. Comuns nessa categoria são o estearato de zinco e o estearato de cálcio, frequentemente usados em produtos de PVC, poliolefinas e ABS. Aplicações: Tubulações, perfis para janelas e portas.
  • Retardantes de Chama: Diminuem a inflamabilidade dos polímeros. Podem ser classificados como halogenados, não halogenados e fosforados. Aplicações: Isolamento de cabos, componentes eletrônicos.
  • Modificadores de Impacto: Fortalecem a resistência do plástico a impactos e quebras. Exemplos são as blendas de ABS com elastômeros e polímeros vítreos. Aplicações: Capacetes, para-choques.
  • Antiestáticos: Reduzem a eletricidade estática acumulada na superfície do plástico. Variações incluem copolímeros de poliéster e aditivos permanentes como negro de fumo e fibra de carbono. Aplicações: Embalagens eletrônicas, filmes de PE e PVC.
  • Antimicrobianos: Previnem o crescimento de microrganismos, como bactérias e fungos. Aplicações: Embalagens alimentícias, produtos farmacêuticos, utensílios médicos.
  • Nucleantes: Aceleram a cristalização em polímeros parcialmente cristalinos, como o caulim, que facilita o processamento e reduz o tempo de resfriamento. Aplicações: Componentes automotivos moldados por injeção.
  • Agentes de Dispersão: Promovem uma distribuição uniforme de outros aditivos, garantindo a homogeneidade do produto final. Aplicações: Plásticos com aditivos incorporados e compósitos reforçados com fibras.
  • Lubrificantes: Reduzem o atrito no processamento, protegendo a resina e estendendo a durabilidade dos equipamentos. Incluem estearatos metálicos e ceras poliolefínicas. Aplicações: Mangueiras flexíveis, filmes para embalagens.
  • Desmoldantes: Facilitam a remoção do produto do molde, diminuindo riscos de imperfeições superficiais. Podem ser à base de água ou solúveis. Aplicações: Peças moldadas por injeção e rotomoldagem.
  • Agentes de Acoplamento: Melhoram a aderência da resina a outros materiais, reforçando o composto. Aplicações: Compósitos de fibra de vidro, estruturas de suporte

 

São tantos benefícios que os aditivos trazem para a industria que se torna cada vez mais importante e essencial o uso deles dentro de fábricas de plásticos.

A Talkplast é uma empresa e um canal de informação, consultoria, cursos e muito mais.
2024 - Todos os direitos reservados. | Termos de uso | Política de privacidade
linkedin facebook pinterest youtube rss twitter instagram facebook-blank rss-blank linkedin-blank pinterest youtube twitter instagram